pic

É preciso compreender a importância do sinal para depois defini-lo como sua pertença.
 
Para compreender um pouco melhor sobre esse tema é importante que busquemos o conceito dessas duas palavras, SINAL e PERTENÇA:
 
Sinal está ligado a qualquer manifestação que permite conhecer e reconhecer algo, já a palavra Pertença está atribuída ao complemento e ligação de algo.
 
Partindo desse significado podemos definir que o Sinal de Pertença, trata-se de uma marca a qual por objetivo tem a missão de informar e avisar ao que estamos ligados, seguindo e servindo.
 
Assim como toda forma de aviso o sinal de pertença de um Carisma é capaz de alertar revelar em si a sua identidade, por isso o mesmo, não é apenas um objeto ou até mesmo um acessório para complementar o guarda-roupa de quem o usa. Ele é uma manifestação do alto, tanto para quem o recebe quanto para quem o vê. Para um missionário de uma comunidade de aliança ou vida que recebe o tau de um carisma ele se revela como a voz de Deus confirmando quem a partir daquele momento você é, filho do Carisma Mãe do Homem Novo. E para quem o vê é um sinal de evangelização na qual propaga o carisma Mãe do Homem Novo.
 
Quando em uma comunidade, os membros recebem o sinal é de fato mais um agir de Deus, no qual ELE coloca pessoas unidas em um mesmo comum.
 
O uso do sinal é no pescoço, o que o traz bem perto ao coração, mais um sinal de ligação da alma de um carisma ao coração de Deus. Ser chamado a usar um sinal com Deus é um mistério maravilhoso porém ao mesmo tempo um caminho de renúncia. Não basta recebê-lo é preciso ter coragem para informar para um mundo tão carente de Deus á quem você serve!
O sentimento é de proximidade com o chamado de Deus, portanto todos os dias ele deve ti acompanhar, no trabalho, nos estudos, no lazer.
 
Ao que se pode pensar o sinal de pertença não é como uma medalha ou troféu que significa um mérito e sim uma marca de misericórdia do próprio Deus. Misericórdia a qual não cansa de nós perdoar e nos chamar mesmo sabendo da nossa pequenez. Usar o sinal é lembrar-se e fazer-se lembrada a luz da salvação “Os inocentes marcados com este sinal (TAU) serão salvos.”(Ez 9,4) 
 
Portanto seja obediente ao chamado que o Senhor ti fez, como ovelhas eleitas e amadas tenha coragem de carregar a marca do seu chamado e permanecer ao lado do seu amado, Jesus!
 
"A cruz não é só símbolo de pertença, mas sinal do amor de Deus" Papa Francisco.
 
Paz e Afetividade!
 
Larissa Flausino
Membro do II vínculo
Comunidade Mãe do Homem Novo