pic

Precisamos viver a Radicalidade do Evangelho
 
Entenda que o termo radicalidade está banalizado em um de seus significados que é: Relativo à raiz, origem ou ao fundamento.
 
Ser Radical no âmbito do Evangelho é vivê-lo sem perder  seu fundamento e origem, essência... Portanto não tem nada haver com ser retrógrado, tradicional ou até mesmo politicamente falando: "De Direita".
 
O mundo vive um crescente relativismo e nós que somos Cristãos não podemos ser coniventes com isso; devemos defender a moral cristã, a família tradicional e os preceitos da Palavra de Deus, sem medo de sermos taxados como radicais.
 
"A Radicalidade da Cruz é loucura para os que se perdem mas para nós é uma Graça Divina" I Corintios 1,18
 
Preferimos ser radicais e caminharmos para o Céu do que vivermos na Contra-Mão de Deus!
 
Vamos juntos???
 
 
João Victor Mariano
Fundador e Moderador Geral - CMHN